Projeto funcional para cozinhas industriais

Planejar é o pilar de uma estrutura eficiente e funcional em qualquer construção – e é extremamente cabível para as cozinhas. Seja em um restaurante ou hospital, o projeto funcional para cozinhas industriais é o cerne da boa qualidade.

Se trata da partitura que rege os equipamentos, o que define o “como” do projeto, já que todas as especificações partem dela. Dessa forma, acaba sendo quem define a qualidade e durabilidade da sua cozinha industrial.

Você deve entender um pouco mais sobre projeto funcional para cozinhas industriais antes de fazer qualquer escolha e entender o porquê dela ser tão essencial.
 

Projeto Funcional Para Cozinhas Industriais

 
Projeto funcional para cozinhas industriais se trata de um planejamento para instalação dos elementos da cozinha ou do local em si. É uma forma de visão do projeto no aspecto das ideias (o conceitual) e da execução (o executivo).

Logo, se trata da inteligência por trás do projeto, o que define os parâmetros que serão tomados pela equipe de instalação. O grupo que trata desse aspecto da cozinha deve se mostrar qualificada para entender os elementos do espaço e sua disposição.

Afinal, o objetivo disso é tornar esse local funcional às intenções do empreendedor. Além disso, também deve propor a melhor experiência para os colaboradores, para os consumidores e para o estabelecimento em si.

E como é entendido o projeto funcional para cozinhas industriais?
 

Projeto Conceitual e Executivo

 
O projeto funcional para cozinha pode ser dividido em duas partes: a Conceitual e a Executiva. A primeira fase determina os pontos relacionados ao funcionamento do espaço, enquanto a segunda é onde esses pontos são estabelecidos.

A fase conceitual é o primeiro passo, onde são trazidos à tona os pontos do projeto e como eles podem ser aplicados. Daqui pode se partir para o descritivo operacional e das soluções aplicadas, além do dimensionamento dos elementos no layout.

Nessa fase, pode-se contar com um material que ilustre os pontos, pois torna claro como passar para o próximo passo.

A fase executiva já lida com os critérios consolidados, pensando em utilizá-los de forma funcional na aplicação. Aqui é abordada a contratação e construção das obras, assim como execução de projetos complementares ao principal.
 

O resultado da fase são as plantas técnicas e especificações individuais dos equipamentos.

 
Elaborar de forma consolidada as duas fases do projeto funcional garante a instalação e funcionalidade das mesmas. A partir daqui você partirá para real execução do planejamento.

E na implantação da cozinha (ou de elementos constituintes dela), você deve se atentar para conformidade dos requisitos apresentados no projeto funcional. É necessário garantir a aquisição dos equipamentos necessários.
 

Os parâmetros do projeto funcional

 
Todo projeto funcional deve funcionar seguindo parâmetros de eficiência. Alguns que são abordados pela empresa são:
 

  • Equipe ativa e adequada para o serviço;
  • Apenas equipamentos necessários à obra;
  • Sustentabilidade;
  • Possibilidade de atualizações constantes conforme inovações técnicas que surgirem.

Outros parâmetros podem ser abordados pelo projeto funcional, contanto que todos se voltem para um único objetivo: eficiência.
 

Fatores que devem ser atendidos pelo projeto funcional

 
O que deve ser pensado ao elaborar um projeto funcional para cozinhas industriais? Todos os aspectos que interfiram na experiência dos envolvidos: o empreendedor, os colaboradores, os consumidores e o estabelecimento em si.

  • Aproveitamento do espaço;
  • Ambiente;
  • Temperatura;
  • Agilidade de produção;
  • Bem-estar e segurança dos colaboradores;
  • Segurança e preservação dos alimentos;
  • Experiência gourmet.

Dessa forma, o projeto funcional se volta para um planejamento cuidadoso do espaço e dos elementos que o constituem. Não à toa um de seus parâmetros é a sustentabilidade, o que envolve uso consciente dos equipamentos.

No projeto funcional para cozinhas industriais, cada layout tem especificações que devem ser cumpridas. Por isso, é considerada a inteligência por trás dos negócios.

 

Quem leu este artigo leu também:

 
Projeto de Cozinha para o seu Restaurante

Plano de Negócios para uma Cozinha Industrial

Como Economizar na Compra de Móveis Planejados?

Chapa de Lanche (Parte 1)

Chapa de Lanche (Parte 2)

Batendo o Martelo

A Montagem, Acompanhamento Técnico e Medição Técnica

A Importância do Controle de Temperatura na Segurança Alimentar

Métodos de Cocção mais Comuns no Trabalho de um Cozinheiro

Aprenda como Montar uma Cozinha Industrial

 

Acompanhe o nosso Instagram as novidades do mundo das cozinhas profissionais e tenha diversas idéias para o seu negócio!

Instagram: @bertacozinhas

Comments are closed.