Aprenda como montar uma cozinha industrial

Guia – Parte 1: Aprenda como montar uma cozinha industrial

Muitas pessoas acreditam que para ter um negócio no ramo de alimentos, é preciso apenas saber cozinhar. Porém, não é bem assim. É preciso ter planejamento financeiro, fazer uma pesquisa de mercado e também montar uma boa cozinha. Mas não é qualquer cozinha, precisa ser uma cozinha industrial.

Isso significa que é necessário ser uma cozinha criada para preparar uma quantidade grande de refeições. Mas, você sabe como dar o primeiro passo? Sabe como montar uma boa cozinha industrial? Se você não tem nem ideia de por onde começar, você precisa ler o nosso guia completo.

Essa é a primeira parte do guia. Nesse artigo, você confere algumas dicas para iniciar a montagem da sua cozinha industrial. Você saberá a função da cozinha industrial, quais itens são necessários para montá-la e muito mais. Acompanhe!

 

Qual a função de uma cozinha industrial?

Ao contrário do que se pensa, a cozinha industrial não serve apenas para restaurantes. Ela atua em vários ramos de negócios. Sua função é fazer com que a preparação de alimentos seja mais rápida do que em uma cozinha tradicional, sem deixar de lado a qualidade e a higiene.
 

A cozinha industrial serve para vários tipos de empreendimentos, como por exemplo:

  • Restaurantes
  • Marmitarias
  • Alimentos industrializados
  • Lanchonetes
  • Hospitais
  • Empresas de congelados
  • Buffet
  • Self-service
  • Dentre outros

 

Com ela, é possível oferecer diversos serviços para os clientes, como:

  • Preparação de alimentos congelados;
  • Preparação de refeições para serem consumidas no local;
  • Preparação de refeições para serem retiradas pelos clientes para consumo em outro local;
  • Preparação de uma parte dos alimentos, com finalização feita nos restaurantes;

 

Quais são os itens necessários para abrir uma cozinha industrial?

É necessário um bom planejamento para comprar os itens necessários para abrir uma cozinha industrial. Isso porque, os itens e equipamentos precisam ser originais e de qualidade. Além disso, com o planejamento você ainda será capaz de reduzir custos.
 

Dentre os itens importantes, podemos elencar:

  • Eletrodomésticos e equipamentos industriais;
  • Maquinários;
  • Utensílios de cozinha;
  • Móveis em geral;

Como deu para perceber, são vários os itens necessários para abrir uma cozinha industrial. Porém, o primeiro deles, que se torna indispensável é a bancada, uma vez que será nela que os alimentos serão preparados.

Normalmente, os aparelhos são ergonômicos, ou seja, itens que organizam o espaço, tornando o trabalho mais produtivo. Afinal, agilidade e rapidez dentro de uma cozinha é algo fundamental para o trabalho como um todo.
 

Como deve ser a estrutura para cozinha industrial?

Essa é outra parte que precisa de planejamento para que a estrutura da cozinha industrial seja compatível com o trabalho que será realizado. Por exemplo, uma cozinha que demandará grandes refeições, precisa ter um tamanho considerável e vice-versa. Isso tornará o trabalho mais ágil, eficaz e de qualidade.

Além disso, uma cozinha industrial bem projetada, fará com que você tenha uma economia. Isso porque, os equipamentos podem durar mais de trinta anos. Normalmente, uma estrutura básica de uma cozinha industrial possui as seguintes áreas:

  • Área para receber os produtos disponibilizados por fornecedores;
  • Área para armazenar os alimentos;
  • Área para higienizar os alimentos;
  • Área para preparar os alimentos;
  • Copa;
  • Área para guardar utensílios;
  • Área para cozinhar os alimentos;
  • Área para finalizar o preparo dos alimentos;
  • Área para embalar os alimentos que sairão para entrega;
  • Área para atendimento ao público;
  • Área de limpeza;
  • Área de serviço;
  • Vestiários;
  • Sanitários;

O material usado também é importante. O recomendado é que você use a cor branca, por ela não refletir no material em aço e ser mais fácil de visualizar a sujeira.

Também escolha materiais para piso, teto e paredes que sejam fáceis de serem limpos, resistentes e que não absorvam a sujeira. Lembre-se: todo o equipamento deve ser de fácil manuseio e limpeza para acelerar a produtividade.
 

Guia – Parte 2: Aprenda como montar uma cozinha industrial

Na primeira parte do nosso guia, você aprendeu qual a função, quais os itens necessários e como deve ser a estrutura de uma cozinha industrial. Nesse artigo, concluiremos o guia de como montar uma cozinha industrial.

Ao longo do post, você vai conferir outras etapas importantes para montar a sua cozinha industrial. Falaremos sobre a manutenção, localização, equipe e outros procedimentos para você tirar o seu projeto do papel. Não deixe de conferir e boa leitura!
 

Como deve ser feita a manutenção de uma cozinha industrial?

Fazer a manutenção de uma cozinha industrial é fundamental para que o ambiente esteja sempre limpo e com uma boa qualidade. Para isso, é necessário se ater há alguns itens básicos de higiene.

  • A cozinha deve ser limpa todos os dias. Isso fará com que o ambiente não crie insetos e outras pragas que prejudiquem o funcionamento do local. Além disso, um ambiente limpo permite um trabalho com maior qualidade e produtividade.
  • Os funcionários devem estar sempre com roupas adequadas e limpas. O cabelo deve estar preso com uma touca e isso vale tanto para homens, como para mulheres. Avental também é necessário.
  • O lixo deve ser armazenado em local adequado. É fundamental que a lixeira seja manipulada com os pés, para que os funcionários não entrem em contato com o lixo. Também é importante tratar o lixo adequadamente, com a ajuda de trituradores.
  • O processo produtivo deve ser bem planejado para que os alimentos não se cruzem e não haja infestação de bactérias. É preciso ter atenção com a matéria-prima, corte, cozimento, qualidade e embalagem dos alimentos.
  • A dedetização do ambiente deve ser feita de forma periódica para evitar pragas, como ratos, baratas, moscas e formigas. Essa precaução deve ser tomada ainda na fase de construção da cozinha industrial, usando materiais corretos.
  • Construa uma cozinha industrial com uma boa iluminação, ventilação e temperatura. Isso é primordial para o conforto e segurança da equipe. Esses itens são essenciais para que a higiene não seja comprometida e para que o trabalho seja facilitado.

 

Qual a melhor localização para uma cozinha industrial?

Construa sua cozinha industrial longe de ambientes contaminados e que não ofereçam riscos à saúde dos funcionários e clientes. O recomendado é que a cozinha seja construída nos grandes centros urbanos. Isso porque, nesses locais, há uma maior concentração de pessoas transitando.

Para que você não erre na hora de encontrar o espaço ideal, faça um planejamento e uma análise de mercado. Dessa forma, você terá como encontrar o ambiente correto. Apenas não se esqueça de escolher um ambiente que esteja de acordo com a sua demanda e necessidade.
 

Como organizar a equipe?

Da mesma forma que o ambiente, a equipe também vai variar de acordo com a demanda e a necessidade do empreendimento. Porém, uma equipe básica deve contar com:

  • Uma equipe de cozinha que toma conta do cardápio e do preparo dos alimentos;
  • Administrador do empreendimento;
  • Gerente que pode ser alguém contratado ou o próprio proprietário.

 

Outros procedimentos importantes

Além dos itens especificados acima, também é importante que você tenha conhecimento sobre alguns procedimentos importantes exigidos pela Vigilância Sanitária. Por exemplo, o seu negócio precisa passar pela ANVISA antes de ser aberto.

É importante também que você se atenha ao Código de Defesa do Consumidor, o PROCON para adequar seus produtos e o Corpo de Bombeiros. Esse último será fundamental para deixar tudo sinalizado para evitar acidentes.
 

Além disso, também é importante ter alguns documentos para a abertura do empreendimento. São eles:

  • Registro na Junta Comercial;
  • Registro na Secretária da Receita Federal;
  • Registro na Secretária da Fazenda;
  • Registro na Prefeitura do Município;
  • Registro no INSS;
  • Registro do Sindicato Patronal;
  • Solicitação do Alvará da Vigilância Sanitária junto a Secretaria Municipal de Saúde;

 

Por fim, o investimento também é um ponto importante. É preciso que você os planeje para que tudo saia conforme a demanda e sem prejuízos. Basicamente, o investimento inicial deve ser esse:

  • Contratação de arquitetos e engenheiros;
  • Compra de equipamentos e utensílios;
  • Planejamento;
  • Regulação da documentação para abrir a cozinha industrial;
  • Avaliação do cardápio;
  • Estoque;
  • Demanda diária;

 

O valor total do investimento pode variar entre 45 mil e 150 mil reais.

Agora você conhece o guia completo de como montar uma cozinha industrial. Siga nossas dicas para ter sucesso no seu empreendimento. Até mais!

 
CONHEÇA NOSSOS PRODUTOS
SIGA-NOS NO INSTAGRAM

Comments are closed.