Batendo o martelo contrato e prazo de entrega da cozinha industrial

Batendo o martelo (Contrato e prazo de entrega)

Em vista do sonho de ter uma casa personalizada e mais próxima de suas preferências, as pessoas têm investido na compra de móveis planejados para cozinhas industriais.

Por sua vez, esse movimento tem gerado igualmente cada vez mais empresas que oferecem esse tipo de produto e/ou serviços de montagem de acordo com a necessidade dos clientes.

Contudo, caso você esteja pensando mesmo em comprar móveis nessa linha, existem algumas coisas com as quais você deve lidar antes de fechar qualquer tipo de contrato. Ficou curiosa? Confira mais a respeito disso a seguir.

Qual a diferença entre móveis planejados e móveis sob medida?

Pois bem, antes de entrarmos propriamente no mérito do que você deve ponderar antes de bater o martelo e comprar o seu móvel planejado ou sob medida, é necessário definir esses dois termos.

Na realidade, a diferença aqui é bem simples: enquanto os móveis planejados são pré-fabricados, podendo ser personalizados de acordo com o seu acabamento, os móveis sob medida são aqueles feitos do zero.

Assim, de modo geral, isso acaba implicando, entre outras coisas, no preço, no prazo de entrega e no conceito ou aparência do seu cômodo. Dito isso, antes de fechar o negócio pese o que atenderá melhor às suas expectativas.

O que você deve levar, portanto, em consideração?

Explicada essa distinção, adiantamos agora que a melhor maneira para você garantir que tudo sairá do jeito que você idealiza é escolhendo uma empresa de confiança e fechando um contrato de prestação de serviços.
Isso dará um respaldo maior para você (e também para o prestador de serviço!), gerando uma maior sensação de confiança.

Contudo, você sabe o que é importante constar nesse termo? Ou ainda, como a lei pode te proteger se necessário? Caso a resposta seja não, confira a lista a seguir e acabe de uma vez por todas com as suas dúvidas.
 

1. Os móveis

 
Apesar de parecer óbvio, um item que você deve ficar atento na hora de fechar um contrato como esse é os móveis para garantir que os dados dos mesmos correspondem com os inicialmente estipulados e escolhidos por você.

Assim, demande uma descrição assertiva, especificando a cor, o tamanho e se sentir necessidade até mesmo o material a ser utilizado.
Como o processo de montagem está diretamente associado com a qualidade e longevidade dos mesmos, não esqueça também de especificar nesse momento como ele se dará.
 

2. A garantia

 
Aproveitando esse gancho, algo que deve constar também é a garantia do produto que você está adquirindo, afinal, acidentes acontecem e não é justo que você, após o investimento inicial, fique com uma peça danificada.

Evidentemente, para você ter direito a mesma você deve verificar quais são os seus deveres para a conservação do móvel, porém, fazendo isso fica mais fácil reivindicar a troca caso ocorra algum erro de fábrica.

Desse modo, atente-se principalmente às ferragens, como os puxadores e as dobradiças, pois devido ao uso diário estas podem ser as primeiras peças a apresentarem defeito, devendo as mesmas serem adquiridas em boas condições.
 

3. Os prazos

 
Quando se trata de móveis planejados ou feitos sob medida, o tempo para a fabricação e instalação dos mesmos pode ser o maior inimigo dos compradores.

Aqui, é preciso estabelecer um equilíbrio entre a sua demanda e a do fabricante (até mesmo para assegurar a qualidade do produto), que deve ser documentado no contrato.

Assim, para que ambos os lados possam se organizar melhor, especifique o tempo de feitura, o dia em que começará a montagem, quando ela terminará, prazos para a entrega, entre outras coisas.
 

4. O modo de pagamento

 
Por fim, dificilmente faltará esse item, porém o mais importante é que as formas de pagamento estejam muito bem definidas. Assim, detalhes como o valor total, número de parcelas, juros, etc. são importantes de serem colocados.

Inclusive, confira também o que esse pagamento dá direito, pois um bom pós-venda também é importante, caso seja necessário algum tipo de assistência técnica, por exemplo.

Assim, ter móveis planejados para cozinhas industriais ou sob medida é um sonho completamente possível, porém é importante que haja um contrato para que ambas as partes estejam devidamente protegidas.

Se após isso, ainda houver algum tipo de conflito, procure o PROCON para tentar resolver os seus problemas.

Se você gostou desse artigo, não deixe também de ler as nossas outras publicações.

 

Quem leu este artigo leu também:

 
Projeto de Cozinha para o seu Restaurante

Plano de Negócios para uma Cozinha Industrial

Como Economizar na Compra de Móveis Planejados?

Chapa de Lanche (Parte 1)

Chapa de Lanche (Parte 2)

A Montagem, Acompanhamento Técnico e Medição Técnica

A Importância do Controle de Temperatura na Segurança Alimentar

Métodos de Cocção mais Comuns no Trabalho de um Cozinheiro

Aprenda como Montar uma Cozinha Industrial

 

Acompanhe o nosso Instagram as novidades do mundo das cozinhas profissionais e tenha diversas idéias para o seu negócio!

Instagram: @bertacozinhas

Comments are closed.